1 de junho de 2014

»Explicando a Profecia de Harry Potter

The Prophecy of Harry Potter
A professora de Adivinhação Sibila Trelawney possui duas importantes profecias em seu currículo:
A primeira delas foi confiada para Dumbledore

"Aquele com o poder de vencer o Lorde das Trevas se aproxima... nascido dos que o desafiaram três vezes, nascido ao terminar o sétimo mês... e o Lorde das Trevas o marcará como seu igual, mas ele terá um poder que o Lorde das Trevas desconhece... e um dos dois deverá morrer na mão do outro pois nenhum poderá viver enquanto o outro sobreviver... aquele com o poder de vencer o Lorde das Trevas nascerá quando o sétimo mês terminar..."

A segunda delas foi confiada para Harry

"O Lord das Trevas está sozinho e sem amigos, abandonado pelos seus seguidores. Seu servo esteve acorrentado nos últimos 12 anos. Hoje a noite, antes da meia-noite... O servo vai se libertar e se juntar ao seu mestre. O Lord das Trevas vai ressurgir com a ajuda do seu servo, maior e mais terrível do que nunca. Hoje a noite... o servo..., vai se juntar... ao seu mestre..."

Explicando:

Primeira parte
"Aquele com o poder de vencer o Lorde das Trevas se aproxima... nascido dos que o desafiaram três vezes, nascido ao terminar o sétimo mês..."
Harry e Neville, nasceram no sétimo mês e os pais de ambos enfrentaram Voldemort três vezes porque faziam parte da mesma sociedade, a Ordem da Fênix.

 "e o Lorde das Trevas o marcará como seu igual, mas ele terá um poder que o Lorde das Trevas desconhece..."
Essa parte se aplica mais a Harry, porque a marca que Voldemort vai deixar podem ser a cicatriz ou a ofidioglossia. E o poder é o amor, coisa que Voldemort não compreende.

"e um dos dois deverá morrer na mão do outro pois nenhum poderá viver enquanto o outro sobreviver..."
No final um deverá matar o outro. Em tom mais direto, Harry não poderá viver enquanto Voldemort estiver vivo.

Segunda parte
"O Lord das Trevas está sozinho e sem amigos, abandonado pelos seus seguidores. Seu servo esteve acorrentado nos últimos 12 anos."
Depois que Voldemort tentou matar Harry, os Comensais acharam que ele havia morrido e todos fugiram ou se esconderam. Muitos acharam que o servo fosse Sirius Black, porque ele era o Fiel do Segredo mas ele passou o segredo para Pedro, temendo que o Lord das Trevas desconfiasse devido a proximidade que ele tinha com os Potters. 

As correntes não significavam prisão, mas sim a transfiguração que ele teve que assumir pra se esconder, a transfiguração em rato, Perebas.

"Hoje a noite, antes da meia-noite... O servo vai se libertar e se juntar ao seu mestre."
Foi quando, na Casa dos Gritos, Pedro se transformou em bruxo novamente. A parte de "juntar ao seu mestre" se refere ao momento em que o professor Lupin se transforma em lobisomem e ele vê a oportunidade pra escapar e consegue.

"O Lord das Trevas vai ressurgir com a ajuda do seu servo, maior e mais terrível do que nunca."
Após a fuga, Pedro se juntou a uma ratazana e saiu em busca de informações que o levassem até Voldemort. Quando o encontrou, logo depois com a ajuda de Barto Jr., que havia trocado de lugar com sua mãe em Azkaban através da Poção Polissuco, o levaram para a antiga casa dos Riddle. 

E o resto todo mundo já conhece, não é mesmo. 

"Osso do pai tirado sem consentimento, 
carne do servo dada de bom grado, 
sangue do inimigo tirado a força. 

O Lord das trevas renascerá."

6 Corujas:

Anônimo disse...

certo mas no livro (na minha versão) fala que poderiam ter sido 3 pessoas há algum registro de quem possa ser a terceira pessoa??

Diego Frank disse...

Em que livro e ou capitulo diz isso?

JESSICA GOMES disse...

Na versão do meu livro (Cálice de fogo) eu lembro que tem uma parte que fala dessa terceira pessoa, mas não fala quem... eu não tenho certeza, mas lembro que foi isso mesmo.

Unknown disse...

A explicação faz sentindo mas como você pode dizer que tem have com Harry se ele ainda não tinha sido escolhido???

miguel disse...

profecia bem explicada

Chris Kelly disse...

Desculpa a leigaliedade, mas pode ser que o terceiro menino da profecia fosse o Draco Malfoy. Por certas hipóteses:

1- Ele desarmou Dumbledore e ficou sendo em hipótese o dono da varinha das varinhas...assim o Voldemort não poderia ter o pleno poder da mesma, pois não era o dono. E o Lord das Trevas, pela proteção do Snape, desconhecia este fato (se não ele mataria o Draco, como fez com Snape em seguida, pensando que ele era o dono);

- Draco foi marcado como comensal da morte, mas sua "fidelidade" era em tanto questionável (era mais por cagaço do que adoração a Voldemort), assim cedo ou tarde,o você sabe quem mataria ele já que ele matou Snape (o que estava encarregado de proteger o menino pelo voto perpétuo);

- Como as profecias da Sibila, apesar de certas, são confusas á livre interpretação (como a do Pedro, que por ela ter falado que o servo estava preso por 12 anos, muitos confundiram com Sirius saindo de Azkaban, em vez do Pedro e sua forma de rato, que até então estava morto para todos), bem possível que a profecia fale dos três! (Harry, Neville e Draco) que cada um teria uma função sobre a morte de Voldemort, mas que somente a criança do 7 mês seria a que o mataria com o golpe final;

- E o que semeia maior dúvida é o envolvimento da família Malfoy com o Voldemort. Lucius fala a Harry no ministério da magia que as profecias não podem ser retirada pela pessoas que elas falam, o voto perpétuo que Snape fez com Narcisa e a maneira estranha de "servidão" ao Voldemort que a família Malfoy vem agindo após a volta do mesmo, como dar o diagnóstico errado da morte do Harry ao você sabe quem, o voto perpétuo que Snape fez com narcisa, quando pegaram a profecia ter sido o Lucius o primeiro a se apresentar sem falar quando começa a luta de Harry e Howgarts contra os comensais da morte, a família Malfoy simplesmente fugir (em vez de alegar que Potter teria se utilizado de algum truque para driblar a morte como a pedra da ressurreição ou a poção do morto-vivo,algo do tipo) e levando tudo isto a consideração, muito provável que eles poderiam ter mentido sobre a data de nascimento do Draco também, para mais cedo ou mais tarde, para que ele não se encaixar na profecia, etc.

Enfim, a Sibila apesar de certa, nunca falou de maneira clara para o entendimento geral. Na minha opinião, ela não fala só de Harry Potter e sim dos 3 (Harry, Neville e Draco), teriam um papel fundamental na derrota do Voldemort e que essa história de "o escolhido" pode ter sido um equívoco de má interpretação e que Harry foi o bode expiatório perfeito, pelo seu histórico, tirando esse fato de serem 3 bruxos em vez de um, assim ofuscando Draco e Neville aos olhos do Voldemort; já que por ter sobrevivido e ter parte de Voldemort dentro dele, assim fazendo além do Lorde das trevas, todos acharem que ele era o único, o escolhido, o eleito, o único que derrotaria o mesmo.

Postar um comentário