28 de julho de 2015

»Raças de Sereianos

Merpeople
Os sereianos são divididas em várias sub-espécies ou raças, dependendo do local de onde vivem. As sereias, como conhecemos – metade mulher e metade peixe – seriam oriundas da Grécia, e foram representadas na história através de um mosaico no banheiro dos monitores-chefes. 

Já a raça Selkie, que aparece no Lado Negro durante a segunda prova do Torneio Tribruxo, é de origem escocesa, aparecendo também nas Ilhas Faoé e Islândia. Embora vivem nos mares, podem mudar de pele ao ficar na terra para procurar amantes humanos. 

A raça Merrow é a típica sereia irlandesa, considerada menos bonita do que as Sirens da Grécia e os Selkies da Escócia.
O nível exato de inteligência em comparação com a dos seres humanos é desconhecida, no entanto é conhecido que eles possuem uma linguagem desenvolvida, uma cultura próspera e que vivem em comunidades altamente organizadas, contendo habitações elaboradas feitas de pedras. Também são reconhecidos por domesticar criaturas como Hipocampos e Grindylows.

A história das relações dos sereianos com os bruxos, ou pelo menos os bruxos do governo britânico, são um tanto quanto complicadas. A chefe do Conselho da Magia Elfrida Clagg se recusou a aceitar sereias como seres, uma vez que a definição do termo demandava que “seres” soubessem falar a língua humana, e uma vez que os sereianos só falam sua própria língua – o serêiaco -, que não pode ser entendida acima da água, e foram então enquadrados na categoria de “animais”. Essa decisão perturbou tanto os sereianos quanto os centauros, seus aliados.

Somente no ano de 1811 que os sereianos seriam chamados novamente de "ser", pois o recém-nomeado Ministro da Magia Grogan Stump decretou que um ''ser'' era ''qualquer criatura que possuísse inteligência suficiente para compreender as leis da comunidade mágica e para compartir a responsabilidade na preparação de tais lei''

Por meio de intérpretes, os sereianos foram convidados a se tornarem ''seres'', no entanto, eles pediram, junto dos centauros, a serem chamados de ''animais'' novamente, uma vez que Vampiros e outras criaturas estavam na categoria ''ser''. Desse modo, Centauros e Sereianos declararam que administrariam seus negócios independentes dos bruxos.

Raças de Dragões e Onde Habitam [Leia mais]

0 Corujas:

Postar um comentário