27 de abril de 2015

»Rótulos de Bebidas Mágicas

Label of Magic Drinks
"É recomendável que todos levem suas próprias canecas e copos."

Caminhando pela famosa Hogsmeade, é possível se encontrar vários lugares alegres e com muitas coisas interessantes. Mas ao tomar um certo caminho, fora do principal, que leva até a periferia da vila, é possível se encontrar o famoso, e nem por isso bem visto, Cabeça de Javali. Em uma ladeira lateral à rua principal, em seu topo, é possível ver uma pequena estalagem. 

Um letreiro velho de madeira desgastado pelo tempo pende sobre a porta. Um suporte de ferro enferrujado carrega a imagem de um cabeça de javali decepada que pinga sangue em uma toalha branca, daí o famoso nome ao bar. O lugar um tanto sinistro é realçado pelo ranger da placa ao vento. 

Ao entrar pode-se reparar que o recinto se resume em uma saleta suja e mal mobiliada com um cheiro muito forte de algo, que poderiam ser cabras. A iluminação é bastante precária, pois as janelas sujas impedem a penetração de raios solares no lugar, logo, as luzes vem de velas postas sobre as mesas de madeira tosca. 

Ao caminhar pelo bar, nota-se um chão de pedras, com uma camada de sujeira tão espessa, que dá a impressão de que este é de terra batida, ou barro. O lugar é constantemente visitado por pessoas de caráter duvidoso, tanto que é comum ver indivíduos encapuzados, tentando ocultar a face. O dono é um homem rabugento e velho. Alto, magro com cabelos e barbas grisalhas. Não gosta de tumultos em seu bar, e não faz perguntas. Apenas serve e recebe o pagamento pelos seus serviços, e acredita-se que seu nome seja Aberforth Dumbledore.

Assim é o Cabeça de Javali. Um lugar nada atraente para bruxos menores, mas sua entrada não é restrita. Todos podem visitar, mas lembre-se: Lá tudo é suspeito e cada palavra deve ser bem avaliada antes de pronunciada.

É uma bebida alcoólica feita a partir de margaridas.

É um vinho de fruta contendo 17% de álcool. Ele foi feito a partir de bagas, que estão representadas no rótulo e esmagadas pelas "mãos justas" dos "nossos melhores elfos domésticos", e envelhecido um barril de carvalho por mil anos.

Horacio Slughorn e Rúbeo Hagrid ficam bêbados com uma garrafa após o funeral de Aragog em 1997.

»White Rat Wiskey (Uísque Rato Branco)
"Das adegas dos Feiticeiros de Zanzibar, nos misturamos o nosso uísque com os melhores ingredientes. Com um toque do fogo do Dragão Norueguês, este uísque é feito para começar uma chama nas entranhas da barriga mais fria."

As adegas dos Feiticeiros de Zanzibar ficam localizadas na Tanzânia. 

»Knotgrass Mead (Hidromel de Sanguinária)
É uma marca de hidromel que contém 23% de álcool. Feito a partir de ingredientes 100% puros, que presumivelmente incluem Sanguinárias, além do mel fermentado tradicional. É esmagado e engarrafado por Fadas de flores silvestres em uma destilaria bruxa, chamada Mystical Meaderie.

O rótulo descreveu-o como "extra rico", recomendando que seja servido em 63 graus, e consumiu assim que a garrafa foi aberta. Ele recebeu o prêmio de "Melhor Hidromel Mágico".

»Blishen's Firewhisky (Uísque de Fogo Blishen)
É uma marca premium de uísque fabricada por Blishen nas Terras Altas da Escócia. Foi envelhecido por 39 anos, e no rótulo proclamou-se "O Rei dos Whiskies".
Rótulos de Poções [Leia mais]
Rótulo de Cerveja Amanteigada [Leia mais]

0 Corujas:

Postar um comentário